Série Brasil & África

            Constituída por 3 Coleções (Pesquisas, Ensaios e Clássicos), a Série Brasil & África expressa duas ordens de fatos fundamentais: por um lado, a virada geopolítica ocorrida no Brasil no início do século XXI, que aponta para a mudança na ordem de prioridades no campo das relações internacionais, com a passagem de ênfase do diálogo “Norte-Sul” para o diálogo “Sul-Sul”; por outro lado, a tomada de consciência da necessidade de construção de laços mais estreitos no campo acadêmico-intelectual entre os saberes que são construídos no Brasil e no continente africano – especialmente, mas não de maneira exclusiva, nos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOPs).

            Fundada em tal princípio, a Série Brasil & África nasce assumindo o compromisso ético de edificação de novos olhares que sejam suficientemente capazes de reconhecer as novas experiências sociais e políticas antissistêmicas emergentes no Brasil e em África, direcionadas à construção de uma nova ordem referenciada  na afirmação da democracia  e dos direitos humanos compreendidos na sua radicalidade, como forças voltadas à socialização do poder.

            Dentro desse contexto, a Série Brasil & África propõe alinhar-se ao conjunto de iniciativas surgidas na última década no sentido de aproximar universidades e centros de pesquisa engajados no processo de reflexão crítica sobre os traços universais que identificam os Estados e sociedades do Sul do mundo num mesmo quadrante geopolítico, mas, também, sobre as suas particularidades histórico-sociais, responsáveis pela sua diferenciação.

            Inicialmente apoiada pela Pró-Reitoria de Extensão, a Série Brasil & África vincula-se agora ao recém criado Instituto de Estudos da África (IEAf) da UFPE, uma nova unidade acadêmica que nasce como expressão dos compromissos assumidos pela instituição na direção da sua internacionalização.

Marco Mondaini

(Professor da UFPE, fundador e coordenador da Série Brasil & África)

COLEÇÃO CLÁSSICOS: 

429

https://www.ufpe.br/editora/ufpebooks/outros/sonh_prec/

SONHAR É PRECISO – AQUINO DE BRAGANÇA: INDEPENDÊNCIA E REVOLUÇÃO NA ÁFRICA PORTUGUESA (1980-1986) 

(Coleção Clássicos 1)
Marco Mondaini (organizador)

O livro reúne escritos do jornalista e cientista social de formação marxista Aquino de Bragança, entre os anos de 1980 e 1986. Nele, expressa-se a preocupação do líder revolucionário goês em dar sustentação intelectual ao esforço de construção de Moçambique como nação independente.

Capa_V.1-1

O MINEIRO MOÇAMBICANO: UM ESTUDO SOBRE A EXPORTAÇÃO DE MÃO DE OBRA EM INHAMBANE

(Coleção Clássicos 2)
Ruth First (organizadora)

Coordenado pela socióloga sul-africana e Diretora de Investigações do Centro de Estudos Africanos da Universidade Eduardo Mondlane, Ruth First, o livro originalmente publicado em 1977 representa um estudo pioneiro no campo da economia política africana acerca da exportação de mão-de-obra de Moçambique para as minas da África do Sul.

3 - Cult. em tempos...-1

http://www3.ufpe.br/editora/ufpebooks/serie_extensao/cult_temp/

(Coleção Clássicos 3)
Marco Mondaini (organizador)

O livro reúne textos de três das principais lideranças políticas da luta anticolonialista em Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Angola: Amílcar Lopes Cabral (1924-1973) – Libertação nacional e cultura (20 de fevereiro de 1970); Samora Moisés Machel (1933-1986) – A classe trabalhadora deve conquistar e exercer o poder na frente da ciência e da cultura (1º de maio de 1976); Mário Coelho Pinto de Andrade (1928-1990) – Prefácio à antologia temática de poesia africana 2 – o canto armado (novembro de 1978).

Os três textos foram escritos na década de 1970, época em que os quatro países tornaram-se independentes da antiga metrópole portuguesa, dando forma a uma reflexão sobre o papel da cultura em meio a um contexto extremamente atribulado no qual os ideias de libertação nacional cruzavam-se com os de revolução social.

COLEÇÃO ENSAIOS:

428

http://www3.ufpe.br/editora/ufpebooks/serie_extensao/mort_mulhe/

MORTALIDADE DAS MULHERES EM IDADE FÉRTIL E MORTALIDADE MATERNA. TENDÊNCIAS, DETERMINANTES E CAUSAS NUMA COORTE COMUNITÁRIA NA GUINÉ BISSAU DE 1996 A 2007 

(Coleção Ensaios 1)
Marám Mané

Escrito pela Diretora da Escola Nacional de Saúde de Guiné Bissau, o livro é uma síntese da Tese de Doutoramento que procurou investigar os dados relativos às elevadas taxas de mortalidade das mulheres em idade fértil e de mortalidade materna no país da costa da África Ocidental.

2 - ENS. VOLUNTÁRIOS FORCADOS-1

“VOLUNTARIOS FORCADOS” : DISCURSO E CONTRADISCURSO ACERCA DO TRABALHO NAS COLÔNIAS LUSAS – (1925 – 1935)

(Coleção Ensaios 2)
José Bento Rosa da Silva

Esta obra, que tem como base a documentação produzida durante os anos de 1925 a 1969 pelo Boletim Geral das Colônias, explora o desenrolar dos processos históricos que ocorreram neste período, como foco nos países lusófonos (países que possuem como língua oficial a língua portuguesa).

Além da analise das formas de discurso produzidos nas colônias (que, a princípio, engrandeciam a capacidade colonizadora dos portugueses e que posteriormente fora utilizado como  defesa de um sistema de trabalho forçado), é levantado o questionamento sobre o ocultamento das revoltas dos colonizados na visão dos colonizadores.

3 - O CONTINENTE DEMASIADO GRANDE

http://www3.ufpe.br/editora/ufpebooks/serie_extensao/conti_demas/

(Coleção Ensaios 3)
Colin Darch

Este livro reúne uma coletânea de textos que tratam sobre diversos temas: histórias africanas (especialmente as de Moçambique e da África do Sul – ênfase na contemporaneidade sul-africana), o funcionamento sócio-político da propriedade intelectual e o direito de acesso à informação (ou seja, o direito do cidadão a exigir acesso transparente aos arquivos do Estado). 

COLEÇÃO PESQUISAS:

Paz na terra, guerra em casa

http://www3.ufpe.br/editora/ufpebooks/serie_extensao/paz_terr/

PAZ NA TERRA, GUERRA EM CASA. FEMINISMO E ORGANIZAÇÕES DE MULHERES EM MOÇAMBIQUE
(Coleção Pesquisas 1)
Isabel Casimiro

Dissertação de Mestrado defendida em 1999 na Universidade de Coimbra, o livro da professora da Universidade Eduardo Mondlane procura analisar a situação da mulher no continente africano e as organizações de mulheres surgidas em Moçambique, entre as décadas de 1970 e 1990.

2 - entre os senhores...

http://www3.ufpe.br/editora/ufpebooks/serie_extensao/entr_senho/

ENTRE OS SENHORES DAS ILHAS E AS DESCONTENTES. IDENTIDADE, CLASSE E GÊNERO NA ESTRUTURAÇÃO DO CAMPO POLÍTICO EM CABO VERDE
(Coleção Pesquisas 2)
Eurídice Furtado Monteiro

Tese de Doutoramento defendida em 2013 na Universidade de Coimbra, o livro da professora da Universidade de Cabo Verde procura analisar a participação das mulheres na estrutura de poder do arquipélago cabo-verdiano, a partir dos debates do feminismo e do pós-colonialismo.

3 - HIV AIDS e as teias...

http://www3.ufpe.br/editora/ufpebooks/serie_extensao/hiv_aids/

(Coleção Pesquisas 3)
Solange Rocha, Ana Cristina de Souza Vieira e Evandro Alves Barbosa Filho (organizadores)

Esta obra apresenta artigos teóricos, análises de pesquisas e reflexões resultantes do diálogo Sul-Sul que a Universidade Federal de Pernambuco (Brasil), Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique) e University of Cape Town (África do Sul) estão a realizar desde 2008.
O propósito é aprofundar o conhecimento e refletir sobre as experiências político-sociais e culturais no âmbito do direito à saúde, particularmente sobre a epidemia do HIV e Aids, por ser uma epidemia que expõe e agudiza as relações de poder e as dinâmicas de acumulação capitalista. Os artigos apresentam de forma diversa a grande complexidade dos sentidos da epidemia no atual contexto de disputa por respostas do Estado na área de saúde em cada país; consideram-se diferentes realidade e procura-se compreender os limites das relações de gênero, raça, classe e orientação sexual no contexto da epidemia do HIV.

4 - História, Saude e Culturas-1

http://www.loja.edufpe.com.br/portal/spring/livro/detalhe/459

(Coleção Pesquisas 4)
Jacimara Souza Santana (organizadora)

Esta coletânea, que reúne trabalhos de José Bento Rosa da Silva, Jacimara Souza Santana, Giovani Grillo de Salve, Silene Arcanja Franco, Danieli Siqueira, Kelma Luzia Nunes Otaviano, João Reis da Cruz Santos e Denize de Almeida Ribeiro, busca analisar concepções e maneiras de promoção de saúde na perspectiva africana e afro-brasileira, assim como experiências de seus agentes na garantia de sua existência social e do controle de seus próprios recursos de cura.


Obs.:  Por motivo de problemas na plataforma online dos ebooks da Editora Universitária UFPE, algumas obras da Série Brasil&África estão indisponíveis para consulta e download no momento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s